Gestão de compras: como maximizar a relação com fornecedores

Gestão de compras: como maximizar a relação com fornecedores

Há um desafio comum a todas as empresas contemporâneas, independentemente do porte ou do segmento em que atuam: o de otimizar recursos.

Em um mercado cada vez mais competitivo, de mudanças velozes e concorrência acirrada, é preciso que os gestores estejam engajados na missão de potencializar suas rotinas e de maximizar os retornos sobre os investimentos feitos.

No contexto interno das organizações, o cenário não é diferente: a busca constante por melhores performances permeia todas as áreas do negócio — e a gestão de compras, por exemplo, foi um dos setores vastamente impactados pela aplicação de ferramentas tecnológicas no processo administrativo.

Qual é a importância da gestão de compras?

Já faz algum tempo que a área de Compras deixou de ser um departamento de atividades pontuais e, em alguns casos, sem qualquer planejamento.

Diante da necessidade de otimizar recursos e maximizar resultados, as empresas estão investindo cada vez mais na lapidação e na automatização de seus processos, objetivando alavancar as performances individuais e coletivas.

Neste âmbito, a gestão de compras passou a desempenhar um papel bastante estratégico: para além da tarefa de repor os suprimentos em falta, a equipe começou a exercer (a mesmo a priorizar) funções de relacionamento e negociação.

Não seria equivocado apontar, portanto, que a área ganhou relevância e responsabilidades. Nada mais adequado! Afinal, o panorama mercadológico atual demanda procedimentos coesos, ferramentas confiáveis e profissionais motivados para viabilizar a estratégia global da organização.

Como maximizar a relação com fornecedores?

A interação com fornecedores faz parte da rotina do Departamento de Compras e pode ser um diferencial importante nos resultados da equipe e do negócio.

Justamente por isso, as estratégias para agregar valor (e extrair benefícios) devem ser uma preocupação recorrente da liderança, demandando planejamento e estruturação para que funcionem a contento.

A maximização do relacionamento entre empresa e fornecedor pode (e deve!) envolver uma série de fatores e técnicas. Ao empregar recursos ágeis de resposta, por exemplo, há maior sinergia no atendimento a demandas específicas.

Por outro lado, ao manter um cadastro atualizado, alimentando-o com informações sobre produtos e preços negociados, a equipe de Compras tem mais autonomia e segurança para conduzir o processo de aquisição — certificando-se de concretizar um ótimo negócio.

E como é possível dispor e implementar ferramentas capazes de proporcionar otimização de recursos? Na prática, é correto afirmar que a tecnologia desponta como uma grande aliada do setor: ao economizar tempo e, ainda assim, angariar contratos cada vez mais enxutos e confiáveis, o time de Compras acumula resultados mais consistentes e garante fôlego financeiro à organização.

ERP na gestão de compras

Os processos de gestão sofreram uma significativa guinada com a incorporação de ferramentas que simplificaram a operação e potencializaram o controle administrativo. O ERP é, sem dúvida, um dos maiores expoentes dessa prática.

Com a missão de integrar processos e automatizar rotinas, os softwares de gestão conferem mais transparência e agilidade também às atividades de compras, uma vez que permitem a centralização de informações e possibilitam negociações seguras e eficazes.

O Areco ERP atende a todas as demandas do Departamento de Compras — do contratos de fornecimento ao recebimento da nota fiscal, contando com ferramentas de ressuprimento automático e definição de mínimos e máximos.

O mapa de cotação, por exemplo, sucede a solicitação de compra e culmina na emissão da ordem de compra para a melhor proposta apresentada. É preciso ter cautela, porém, na escolha do fornecedor: nem sempre o melhor preço é a melhor compra!

Por isso, o Areco ERP permite o cálculo automatizado do IQF (Índice de Qualidade do Fornecedor), assegurando que a equipe de Compras, para além do setor de Qualidade, se certifique da efetividade de um parceiro no que tange aos produtos e/ou serviços que deseja adquirir, antes de firmar o contrato.

Por fim, no intuito de monitorar e controlar toda a operação, o sistema oferece uma ampla gama de relatórios (histórico de OCs por item, curva ABC de compras por fornecedor, etc) para auxiliar o gestor na visão analítica de seus processos, facilitando a aplicação de estratégias aderentes e produtivas.

 

Quer saber um pouco mais sobre como podemos ajudá-lo a potencializar a gestão de compras no seu negócio?

 

FALE COM UM CONSULTOR!

 

 

Aproveite para saber mais:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *