Indicadores de Desempenho: construa equipes de alta performance

Indicadores de Desempenho: construa equipes de alta performance

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Existe uma tentação no mundo dos negócios de assumir que os principais indicadores de desempenho (KPIs) são o objetivo apenas dos «líderes organizacionais»: CEOs, presidentes, membros do conselho e outros executivos que tomam importantes decisões estratégicas. Mas a realidade não poderia estar mais longe da verdade. Então acompanhe e descubra como definir indicadores de desempenho para equipes de alta performance.

Os KPIs, as principais métricas que definem o sucesso estratégico e atuam como um parâmetro para áreas que podem precisar de aprimoramento, são uma ferramenta essencial para o desenvolvimento de sua equipe e a obtenção de resultados de alta qualidade em toda a organização, portanto eles podem até oferecer uma solução inovadora quando a questão é o envolvimento dos colaboradores.



A questão com os Indicadores de Desempenho para construir equipes de alta performance

O engajamento dos colaboradores é um assunto que muitas organizações enfrentam dificuldades. E isso, claramente, impacta profundamente nos resultados financeiros de muitas empresas. Para citar apenas uma estatística: as organizações com uma força de trabalho altamente engajada veem um aumento médio de 20% nas vendas, diz Gallup.

1) Desbloquear o poder do envolvimento dos colaboradores

O engajamento dos colaboradores é um dos conceitos mais evasivos – e incompreendidos – no mundo dos negócios atualmente.

Muitos executivos estão lutando para lidar com um mundo em que as expectativas dos colaboradores parecem ser maior a cada dia. Os trabalhadores estão mais «móveis» do que nunca, mudando de emprego em um ritmo que parecia impossível há apenas algumas décadas. Então em um mundo em que o outro lado da tela é tão próximo quanto uma pesquisa no Glassdoor e artigos sobre qual cultura de local de trabalho deve proliferar no LinkedIn, também estará mais informado do que nunca.

Lanchonetes na empresa ou uma mesa de pebolim na sala de descanso podem ser suficientes para atrair talentos para alguns locais de trabalho, mas essas são atrações temporárias. Então, como as empresas podem dar vida a uma equipe de trabalho desengajada? Obviamente, não há apenas uma solução, mas uma área que deve ser o foco central em relação à informar os colaboradores e envolvê-los no desenvolvimento do propósito da sua organização.

Conectando colaboradores ao objetivo da sua organização

Há uma história (que pode ou não ser verdadeira, mas vamos deixar isso de lado por enquanto) que frequentemente é citada nas postagens de diversos blogs ao redor do mundo sobre o envolvimento dos colaboradores. A história refere-se a uma visita que John F. Kennedy fez à NASA durante a década de 1960. O presidente se aproximou de um homem que trabalhava na instalação para perguntar o que ele fazia da vida.

«Sr. Presidente», respondeu o zelador, «estou ajudando a colocar um homem na lua.» Essa resposta é frequentemente vista como o auge do envolvimento dos colaboradores. E, convenhamos, qual proprietário, gerente ou diretor de empresa não gostaria que cada um de seus colaboradores sentissem esse nível de conexão com o propósito da sua organização?

Parte disso, é claro, vem com a definição da missão da sua organização. «Ganhar dinheiro» não é, e nunca será, o suficiente. Se você quer que um colaborador esteja realmente comprometido, precisa encontrar um propósito que deve fazer com que seus colaboradores saiam da cama de manhã. (E não, «receber todos os meses na conta» não é suficiente).

Depois de decidir, você precisa encontrar uma maneira de, então, mostrar aos seus colaboradores como eles se conectam a ele. É aí que entram os KPIs.

Envolvimento

Pergunte a qualquer colaborador por que ele não se sente envolvido no trabalho (desde que as respostas sejam 100% anônimas) e você provavelmente terá algumas variações nas respostas:

  • Eles se sentem desconectados, principalmente em relação ao objetivo central da empresa;
  • Não conseguem ver nenhum impacto que seus esforços diários – as atividades que ocupam na maior parte do tempo – têm em relação ao propósito da organização;
  • Eles não entendem a direção estratégica da organização.

Estes são, de certa forma, problemas distintos. Mas, de outras formas, todos resultam do mesmo problema: deficiência na comunicação sobre a estratégia entre a empresa e os colaboradores.

Os KPIs ajudam a resolver esse problema, logo os KPIs são, por sua própria natureza, estratégicos. Atenção: nem tudo pode ser um KPI. Os KPIs forçam você a se concentrar nas métricas que realmente destacam os objetivos finais da sua organização. Eles forçam uma empresa não apenas a medir o desempenho da sua estratégia, mas a decidir qual é a sua estratégia em primeiro lugar. Eles mostram aos colaboradores o que realmente importa para a gerência.

Então não seria legal se seus colaboradores pudessem ver as metas finais para as quais estão trabalhando?

2) O papel dos KPIs no envolvimento dos colaboradores

Aqui estão as três principais maneiras pelas quais a adoção de alguns KPIs podem ajudar sua organização a criar indicadores de desempenho para equipes de alta performance:

Eles fazem todo mundo caminhar na mesma direção

Um problema que a maioria das organizações enfrenta é fazer com que todas as metas de todos os departamentos façam sentido ao entrar em contato com o objetivo central. Vendas está preocupada com a atração de novos leads e convertê-los em clientes. Sua equipe de desenvolvimento de produtos está focada na mais recente tecnologia e está se esforçando para colocá-la no mercado. Sua equipe de recursos humanos está preocupada em preencher as vagas e manter o local de trabalho engajado. Então a adoção de alguns KPIs pode ajudar a reunir tudo isso.

Ao focar nas principais métricas que realmente destacam o sucesso nos negócios, você poderá mostrar aos seus colaboradores o papel que o trabalho deles desempenha além do que eles fazem em nome de seus departamentos específicos.

Eles ajudam a conectar o trabalho dos colaboradores às metas da organização

Os KPIs são uma ótima maneira de comunicar a estratégia aos seus colaboradores. Eles os conectam aos objetivos finais da sua organização, mas muitos de nós já experimentamos isso. Ficamos tão envolvidos em nossas próprias bolhas de trabalho, tentando o máximo possível para garantir que permaneçamos no topo de nosso próprio conjunto específico de tarefas, que frequentemente falhamos em perceber por que estamos fazendo isso em primeiro lugar.

Os KPIs ajudam a superar essa confusão. Eles dão um passo para trás na rotina caótica para identificar os objetivos finais para os quais todos estão trabalhando.

Alcance de forma mais eficaz os principais objetivos

Digamos que você seja um gerente e atualmente é responsável pelo lançamento de um novo produto importante. Que o lançamento do produto será um sucesso deve ser evidente, mas há uma grande diferença entre informar a sua equipe sobre os números de vendas que você deseja alcançar e mergulhar nos mínimos detalhes da aparência do site, em quais canais de marketing você gostaria de estar presente e até quando enviar postagens nas mídias digitais.

Alguns gerentes podem pensar que estão apenas fazendo seu trabalho e sendo úteis com os colaboradores, oferecendo suas “sugestões”. Na realidade, o que eles estão fazendo é sufocar a criatividade de sua força de trabalho e provavelmente frustrá-los. Ninguém espera que os gerentes fiquem completamente a parte do que seus colaboradores estão fazendo, mas é preciso definir uma linha até a meta final e auxiliar seus colaboradores como chegar lá.

Vantagens

A vantagem de definir indicadores de desempenho para equipes de alta performance é que eles permitem definir uma expectativa para o que você deseja alcançar, deixando os detalhes específicos para a criatividade e engenhosidade de sua equipe.

3) Como decidir quais KPIs podem incentivar o envolvimento dos colaboradores?

Você ficará surpreso com o quão poucas empresas realmente expõe seu direcionamento estratégico de maneira clara. Em vez disso, os colaboradores – incluindo alguns gerentes seniores – acabam tendo que entender nas entrelinhas o objetivo estratégico da organização. Fazer dinheiro? «Fazer a diferença»? Estabelecer KPIs ajuda a iniciar uma discussão sobre estratégia. Obriga você (e seus colaboradores) a fazer a pergunta: «O que estamos realmente tentando fazer aqui?»

Isso ajuda a estabelecer como os KPIs se conectam às metas estratégicas: definir vários KPIs para seus funcionários e dizer «aqui, alcance essas metas» não é bom o suficiente. Sem contexto, os KPIs são apenas uma mistura de dígitos sem sentido. A participação em um exercício como este permitirá que os funcionários não apenas saibam o que são os KPIs, mas também verão como eles se conectam às metas finais de uma organização.

Envolva os colaboradores diretamente: as pessoas gostam de ser ouvidas! Então, dedicar um tempo para ouvir sobre o que seus colaboradores dizem terá benefícios inerentes ao engajamento.

Blog  Indicadores de Desempenho: construa equipes de alta performance

 

 

 

 

 

Qual é o papel de um sistema ERP no acompanhamento de Indicadores de Desempenho para equipes de alta performance?

O grande diferencial de um sistema ERP é sua inerente capacidade de integrar todos os departamentos de uma empresa, eliminando retrabalho, minimizando as chances de erro e otimizando recursos – tempo, mão-de-obra e dinheiro, para mencionar apenas alguns.

No caso dos KPIs, para que as métricas sejam críveis e efetivas, o controle gerencial é imprescindível: em um cenário desordenado, sem processos estabelecidos e possibilidades dinâmicas de análise, não é possível extrair indicadores qualitativos que advirtam falhas ou explicitem sucessos operacionais. Portanto, se sua empresa não possui as métricas de desempenho, é hora de repensar a estrutura e validar novos KPIs. O que está em jogo, além da competitividade, é a capacidade de alavancar processos e impulsionar resultados.

Ou, se preferir: fale com um consultor!

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *