Dia da Contabilidade: tendências para o futuro e ações para o presente

Dia da Contabilidade: tendências para o futuro e ações para o presente

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Um levantamento recente, organizado pela Computing Technology Industry Association, evidencia um mindset interessante e promissor: mais da metade dos profissionais de tecnologia esperam uma rápida expansão dos ecossistemas tecnológicos nos próximos dois anos.

Para os entrevistados, as novas possibilidades de aplicação tecnológica — alavancando processos e operações excessivamente manuais, mas que podem contar com a otimização sistêmica — e as novas demandas de mercado, envolvendo anseios específicos de clientes cada vez mais ávidos por performance, serão os grandes propulsores da mudança.

A contabilidade, por sua vez, não deve ficar imune à transformação tecnológica que, já há alguns anos, vem alterando e remodelando as atividades da área. A possibilidade de estabelecer rotinas padronizadas, de suprimir erros e de reduzir o retrabalho é bastante atrativa e tem impactos no presente, além de projetar um futuro mais lucrativo.

 

A contabilidade no presente: demandas e recursos

O contexto empresarial é cada vez mais desafiador. Os gestores engajados estão cientes da volatilidade de seus mercados e, para manter a competitividade, também devem estar atentos às oportunidades de aperfeiçoar a operação de suas plantas.

Para que sejam capazes de competir com eficiência, porém, as organizações contemporâneas precisam extrapolar suas fronteiras e buscar parceiros que compartilhem do mesmo objetivo. Os escritórios de contabilidade são, sem dúvida, aliados indispensáveis aos bons resultados corporativos.

O cotidiano de trabalho dos contadores é, assim como o de seus clientes, repleto de novidades, impasses e soluções inovadoras. A busca por processos mais orgânicos, eficazes e em completo alinhamento às obrigações legais desponta como uma das prioridades do setor.

Alvaro Chaves, CEO da Areco Sistemas Empresariais, é enfático ao valorizar o relacionamento com escritórios comprometidos com o desenvolvimento de seus clientes. A qualidade da parceria comercial é determinante para a saúde e para a lucratividade de ambas.

“Os contadores desempenham papel fundamental no sucesso de seus clientes. A contabilidade é o alicerce de qualquer negócio, independentemente do porte ou do segmento, e a excelência das rotinas contábeis garante a viabilidade da empresa no curto, médio e longo prazos”, pondera Alvaro.

No mercado atual, as demandas contábeis são vastas e têm implicações profundas nos resultados das companhias. Da abertura legal às remessas mensais, passando pelo regime tributário e pelo eSocial, uma série de regulamentações devem ser cumpridas com transparência e efetividade, gerando oportunidades de escalar o processo sem incorrer em sanções, punições ou multas.

Blog  Dia da Contabilidade: tendências para o futuro e ações para o presente

 

 

Os serviços de contabilidade têm, então, um papel importante: o de possibilitar as atividades e o de assegurar a conformidade da operação. E tem mais: se, no presente, as atividades contábeis já desempenham função fundamental no desenvolvimento corporativo, a influência da área ganha sustentação e efetividade em um futuro que está cada vez mais próximo.

As tendências para o futuro: a contabilidade estratégica

Há quem defenda que a nova era contábil já começou. É comum encontrar especialistas que pontuem que o SPED, uma obrigação relativamente recente, inaugurou um tempo de mudanças e adaptações no contexto da contabilidade.

A partir da capacidade de cruzar informações distintas, mas complementares, o Governo aprimora o controle fiscal e tributário das empresas modernas. Da mesma forma, o eSocial reforça a necessidade de manter a coerência na administração dos recursos humanos, bem como dos tributos associados às demandas trabalhistas.

Tudo isso, porém, exige mais do que adequação a rotinas, processos e tecnologias. Muito embora a contabilidade do futuro seja, sem sombra de dúvida, marcada pela alavancagem dos recursos de gestão — sem o qual, por certo, será difícil manter a competitividade e acelerar o crescimento no novo panorama legal e de mercado —, as competências profissionais também precisarão se reinventar para viabilizar uma atuação cada vez mais estratégica e eficiente.

Segundo o estudo Future of Jobs Report, divulgado pelo Fórum Econômico Mundial, o período entre 2018 e 2020 será mercado por um deslocamento de habilidades. Entre os perfis mais procurados (e valorizados), destacam-se a capacidade de resolver problemas complexos, o pensamento crítico e a criatividade.

Transportando os conceitos à realidade contábil, também vislumbrando os ajustes que deverão ser feitos ainda no curto prazo, é possível avaliar a extensão da mudança, gerando alguns insights valiosos para a evolução do mercado.

Em primeiro lugar, o papel do contador deixa de ser essencialmente operacional, focado apenas na decodificação de documentos e na confirmação de números que devem ser submetidos ao Governo. Além do papel prático — confirmar números, validar remessas, garantir a idoneidade dos documentos emitidos etc —, desponta um aspecto mais estratégico e consultivo.

Para Alvaro Chaves, a transição é reflexo do contexto de mercado, evidenciando novas oportunidades e chances expressivas de crescimento mútuo. Para o CEO, «a contabilidade precisa ir muito além da rotina. É preciso entregar resultados de valor agregado, tais como análises e balanços capazes de provocar mudanças que otimizem os retornos do cliente».

Na prática, os profissionais que desejam expandir sua atuação, intensificar sua influência e perpetuar sua relevância devem, portanto, redobrar a atenção ao caráter estratégico de seu cotidiano operacional. O mercado exige mais análise, insights e decisões embasadas e o contador precisa corresponder às exigências estratégicas de seu papel.

 

A tecnologia na contabilidade: presente e futuro

O mercado evolui e as competências profissionais devem seguir pelo mesmo caminho. Qualquer alavancagem, entretanto, é mais segura e eficiente quando áreas complementares somam forças, entregando um produto muito melhor do que as partes separadas. É o caso da aliança entre contabilidade e tecnologia.

O ERP, sistema de gestão que integra todos os departamentos de uma empresa e centraliza as informações operacionais, é um aliado indispensável às empresas de hoje e de amanhã. No futuro, vale lembrar, a capacidade de sintetizar dados e de extrair relatórios personalizados e transparentes será ainda mais fundamental aos negócios.

Por isso, não seria nenhum equívoco dizer que a tecnologia na contabilidade é uma certeza para o futuro, além de um recurso crucial no presente. Afinal, somente ao dispor de ferramentas eficazes, capazes de eliminar o retrabalho e de assegurar a credibilidade das informações, é possível prover soluções mais analíticas, cristalinas e estratégicas a clientes e parceiros.

No Dia da Contabilidade, a Areco Sistemas Empresariais parabeniza e agradece aos contadores que se dedicam a desenvolver e a impulsionar empresas de todos os portes e segmentos. Juntos, aliando capacidade técnica e robustez tecnológica, podemos fazer mais e melhor — desbravando um futuro que favorece aqueles que entendem os desafios e se aproximam de parceiros comprometidos em superá-los.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *