Como alinhar as metas, métricas e indicadores neste período

Como alinhar as metas, métricas e indicadores neste período

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

A rotina das empresas no mundo mudou radicalmente nas últimas semanas. A imprevisibilidade de um vírus forçou uma mudança significativa na dinâmica de trabalho da maior parte das organizações — de portes e segmentos variados. Como alinhar as metas, métricas e indicadores nesse período tem sido uma das dúvidas mais frequentes nesse cenário.

Depois do choque inicial, foi preciso partir à ação. Gestores de todos os níveis foram incentivados a alocar o time administrativo em esquema remoto, mantendo o engajamento e o nível de produtividade inalterados. A preocupação com metas, métricas e indicadores ganhou fôlego e nunca foi tão constante no dia a dia das lideranças!

Se você busca respostas confiáveis para algumas das dúvidas mais recorrentes neste período em casa, acabou de encontrar o conteúdo perfeito.

Boa leitura e bons insights!

 

Quais são os principais desafios do trabalho remoto?

As empresas mais tradicionais tinham certa resistência em relação ao trabalho remoto. A questão da produtividade costumava ser um ponto central: como manter o nível (e a qualidade) de entrega privando a equipe dos recursos corporativos e das interações diretas entre os departamentos?

A tecnologia foi, é e será a resposta para a maior parcela dessas dúvidas. A flexibilidade dos instrumentos, porém, não é capaz de eliminar todos os desafios do trabalho à distância. Os líderes precisam ficar atentos às melhores práticas e à dinâmica mais eficiente de controle, assegurando o rendimento da equipe em home office.

Confira, agora, alguns dos principais desafios do trabalho remoto e aprenda como contorná-los:

 

Alinhamento e manutenção de processos

A padronização de processos é importante em qualquer cenário, na empresa ou home office. Quando a equipe trabalha remotamente, porém, a necessidade de fluxos que funcionem, minimizando as chances de erro e de retrabalhos, fica ainda mais latente. É por isso que o alinhamento dos departamentos e a manutenção de processos — como entradas de NFs, por exemplo — é um desafio considerável ao trabalho remoto.

 

Comunicação clara e eficaz

Quando o time divide um mesmo ambiente, fica fácil recorrer a um profissional para tirar uma dúvida ou pedir um relatório, né? Em home office, entretanto, existem alternativas igualmente assertivas para garantir a interação da equipe. Aqui, você confere uma série de sugestões exclusivas para facilitar a comunicação entre os colaboradores.

 

Administração do tempo e produtividade

Em esquema de trabalho remoto, cada profissional tem mais autonomia para administrar as próprias demandas e priorizar as tarefas. O importante é garantir que tudo seja entregue no prazo previsto, sem prejudicar processos internos e externos. Vale a dica: o próprio ERP pode ser uma ferramenta importante no controle de produtividade, viu? Por meio de tickets individuais, é possível contabilizar o tempo gasto em cada demanda planejada.

 

Blog  Como alinhar as metas, métricas e indicadores neste período

 

Como alinhar metas, métricas e indicadores neste período em home office?

Métricas e indicadores, quase sempre atrelados às metas da companhia, são a bússola dos gestores de alta performance. No contexto empresarial, cada número pode representar um sucesso ou um fracasso — e, em ambos os casos, é necessário avaliar o cenário e tomar medidas para potencializar uma iniciativa ou corrigir um desvio.

O home office não minimiza a importância das análises e não pode invalidar essa rotina, viu? Mesmo à distância, o monitoramento do negócio deve permanecer sólido e ágil, respondendo prontamente às principais questões do negócio. «A meta de vendas (diária, semanal e mensal) está sendo batida?» e «o desperdício na linha de produção caiu em comparação à semana anterior?» são bons exemplos de perguntas estratégicas que devem continuar sendo respondidas.

Mais do nunca, em tempos de trabalho remoto você deve contar com o apoio da tecnologia. Abuse dos relatórios e dos dashboards customizados, estabelecendo as variáveis e os filtros mais adequados à sua operação e ao seu objetivo no momento. E não economize tempo na construção de cenários concretos! Isso faz toda a diferença na assertividade das decisões — ainda mais em tempos de incerteza.

Ao verificar o fluxo de caixa, por exemplo, fique atento à previsão do Contas a Receber e valide os investimentos previstos. Da mesma forma, identifique eventuais gargalos que podem incorrer em custos extras, evitando prejuízos desnecessários.

No Compras, por sua vez, convém analisar o IQF (Índice de Qualidade do Fornecedor) e com base na eficiência do parceiro, ponderar o histórico de negociações. Em alguns casos, uma revisão nos contratos gera economia significativa e fortalece o caixa da empresa.

Tudo isso — e muito mais, do RH ao Fiscal — pode e deve continuar funcionando à distância. E mais: o acesso não fica restrito aos líderes, que se encarregam de funções mais gerenciais e estratégicas, mas é estendido a toda a equipe via nuvem ou VPN (Virtual Private Network), favorecendo a continuidade da operação de modo orgânico e produtivo.

 

Areco ERP em tempos de home office

O Areco ERP está disponível em duas modalidades: on premise e on cloud. Na primeira, a infraestrutura é local e a equipe pode utilizar o sistema normalmente via VPN. Na segunda, a tecnologia fica hospedada na nuvem e o acesso é online, eliminando barreiras comuns ao trabalho remoto. Importante: tanto on premise ou on cloud têm estratégias e recursos para preservar a integridade dos dados, mantendo-os protegidos.

Diante disso, a resposta sobre como alinhar metas, métricas e indicadores fica mais evidente: é preciso contar com processos estabelecidos e tecnologias eficientes de forma a suportar as rotinas e manter a qualidade das entregas. Fique tranquilo: o home office não é uma ameaça à produtividade da sua operação!

 

A força do imprevisível: por que aproveitar o momento para repensar recursos e estratégias?

A Areco Sistema Empresariais respira tecnologia há mais de 30 anos. De lá para cá, o mundo mudou bastante e nossas soluções acompanharam a evolução do mercado e das empresas. Mais do que um sistema integrado de gestão, oferecemos uma ferramenta democrática de empoderamento, capaz de automatizar rotinas do chão de fábrica à alta administração de modo dinâmico, transparente e simultâneo.

Em momentos de insegurança, a tecnologia é uma das únicas certezas. O Areco ERP está disponível em nuvem, facilitando o acesso remoto da equipe sem comprometer a segurança dos dados, e conta com integrações essenciais em período de trabalho à distância.

O Dashboard, por exemplo, é ideal para que líderes customizem a visualização rápida de seus números mais importantes e, assim, mantenham a operação produtiva mesmo em casa. Por outro lado, o Areco e-Commcerce é a resposta a uma demanda digital cada vez maior — principalmente em tempos de isolamento social.

Sob a ótica empresarial, o momento é de apreensão, mas também de aprendizado. Aproveite para repensar seus recursos e reavaliar sua infraestrutura, principalmente no que se refere à disponibilidade tecnológica.

Vale a pena, inclusive, citar a lógica do Cisne Negro, conceito criado por Nassim Taleb, para evidenciar a importância de se preparar para o inesperado. O futuro é essencialmente imprevisível e a orientação é: «ame o risco quando você pode perder pouco; odeie o risco quando você pode perder muito».


A Areco Sistemas Empresariais é sua parceira agora, amanhã e sempre. Conte conosco para superar as dificuldades do cenário atual e, é claro, preservar o crescimento do seu negócio a médio e longo prazo. Estamos aqui para você.

Como podemos ajudar?

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *