Atualizações de sistema: por que o Areco ERP é a melhor opção?

Atualizações de sistema: por que o Areco ERP é a melhor opção?

O mercado, por si só, é um ambiente muito volátil. A competitividade exige que as empresas estejam em constante adaptação, encontrando formas mais eficientes de produzir e mais inteligentes de administrar.

Em paralelo, mas com implicações diretas, também se dá a evolução tecnológica. Com a missão de automatizar, otimizar e alavancar, as inovações chegam às companhias dotadas de um poder significativo — e que pode representar a capacidade de sobreviver e, mais do que isso, também de prosperar.

Há, ainda, as diretrizes legais que devem ser seguidas por todos os tipos de organização, independentemente do porte ou do segmento a que se dediquem. Para cada característica e/ou particularidade operacional, uma série de requisições pressupõe alinhamento às normas fiscais e tributárias, demandando extrema lisura na condução dos negócios.

Os três fatores, que são parte indissociável da atividade empresarial, precisam ser tratados com seriedade. Qualquer negligência pode resultar em riscos sérios e prejuízos consideráveis.

A chave para processos padronizados e adequados às exigências mercadológicas, portanto, é a tecnologia de gestão. Só que a escolha requer atenção: dispense a implantação de um software que não acompanha inovações — pecando em disponibilizar regularmente novos recursos que maximizem a performance das rotinas operacionais — e que torne o acesso às atualizações legais (novas leis sobre a incidência de impostos, por exemplo) ainda mais desgastante, burocrático e oneroso.

 

Conformidade e competitividade: por que um sistema atualizado é importante?

Para os gestores orientados a resultados, a volatilidade do mercado não é mais novidade. Pelo contrário: agora, os líderes estão cada vez mais conscientes de que as mudanças devem ser encaradas como oportunidades valiosas para construir sólidos diferenciais competitivos.

Neste contexto, as ferramentas de gestão são fundamentais para que haja sinergia operacional e consistência estratégica. Não basta que a empresa aprimore processos comerciais se, no ato da venda, comete erros graves ao designar as Naturezas de Operação adequadas, por exemplo.

Da mesma forma, não pode haver perspectivas de franco crescimento se os gestores são privados de relatórios e balanços que possibilitam um excelente planejamento, capaz de otimizar os recursos do negócio e de alavancar os resultados financeiros.

A área tributária, por sua vez, é uma das mais impactadas quando um sistema defasado é utilizado para administrar as rotinas do departamento. Mais do que o retrabalho, que infla os custos desnecessariamente, o risco legal é sério e precisa ser levado em consideração.

O Fisco, enquanto órgão regulador e de fiscalização, é bastante rígido e qualquer desvio pode ser punido com severidade — gerando multas altíssimas e, em alguns casos, até mesmo inviabilizando a continuidade da organização.

De modo a evitar transtornos e prejuízos, é importante que a tecnologia sistêmica esteja atualizada e seja aderente às necessidades do segmento. Ao contar com um software robusto e confiável, o gestor pode focar no que é realmente relevante para sua atuação estratégica, tomando decisões mais seguras e efetivas sem perder tempo com inferências operacionais.

Diante disso, não seria exagerado dizer que, para servir aos mais diversos objetivos — influenciando positivamente todos os setores corporativos, do Comercial à Controladoria —, o ERP desponta como o mecanismo ideal para centralizar informações, automatizar rotinas e maximizar a performance da equipe. Mas não só isso: é, na verdade, uma ferramenta indispensável para manter a conformidade legal (principalmente fiscal e tributária) e alavancar a competitividade.

 

Atualizações sem custos: por que o Areco ERP é a melhor opção?

Uma vez reforçada a importância de dispor de um ERP atualizado, capaz de corresponder às demandas legais inerentes à atividade empresarial, é válido pontuar que a escolha do fornecedor é determinante para o sucesso do relacionamento comercial — e, por uma série de fatores, também para o crescimento de cada uma das partes envolvidas.

Antes de bater o martelo, questione e conheça o processo que rege as atualizações de versão. Explore a periodicidade dos novos lançamentos e verifique as condições para mudanças obrigatórias e de alto impacto — principalmente as fiscais e contábeis.

Em 2018, por exemplo, uma série de normativas entrou em vigor e exigiu que as empresas se adaptassem a rotinas totalmente novas. O eSocial, que alterou significativamente as demandas da área de RH, e a EFD-Reinf, que integra o módulo SPED, foram algumas das obrigações mais impactantes do ano.

As novidades legais, por si só, já costumam ser bastante desgastantes. Para algumas empresas, porém, o processo foi ainda mais complexo: as atualizações de versão, sem as quais não seria possível operacionalizar as novas exigências, eram comercializadas por valores altíssimos.

No Areco ERP, todas as atualizações espontâneas são isentas de custo. Modificações pontuais regulares (como a inserção de um novo campo ou a alteração de determinado fluxo, comunicadas via Release Notes), assim como grandes funcionalidades (eSocial e EFD-Reinf), não implicam em ônus adicional: a empresa não paga nada além da manutenção mensal para dispor das versões lançadas e, assim, atender a todas as exigências fiscais e tributárias (a nível federal e estadual).

A segurança de contar com uma ferramenta robusta e atualizada, sem surpresas negativas no lançamento de novas versões, permite que o gestor tenha mais tranquilidade para pensar no que de fato importa: perpetuar a operação de modo sustentável e lucrativo.

Na prática, o Areco ERP desponta como a solução de melhor custo-benefício do mercado. Além de atualizações sem custo adicional, uma série de outros benefícios — do produto e dos serviços — contribuem para que a empresa ganhe em performance e resultados.

 

A Areco está comprometida com o sucesso de cada cliente. Quer saber como podemos ajudá-lo a tomar decisões mais estratégicas e eficazes?

FALE COM UM CONSULTOR!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *