3 maneiras de eliminar gargalos produtivos com um sistema ERP

3 maneiras de eliminar gargalos produtivos com um sistema ERP

Nem todas as falhas no processo produtivo são fáceis de identificar. O controle operacional, aliado ao constante monitoramento de qualidade, é essencial para evitar desperdício de recursos, garantir a alta performance empresarial e, acima de tudo, satisfazer o cliente em seus desejos e necessidades. Gargalos produtivos, embora contornáveis, podem ocorrer em qualquer ponto da cadeia produtiva – mas, independentemente da etapa, costumam comprometer os resultados fabris e, de maneira geral, de todo o negócio.

Um sistema ERP, neste cenário, contribui de forma determinante para melhorar a gestão empresarial e controlar, por exemplo, os métodos produtivos. A partir da integração e da automação de processos, o software garante transparência nas operações da fábrica, permitindo a identificação e eliminação de eventuais desvios na medida em que:

 

  1. Padroniza processos de produção: as etapas produtivas são interdependentes, encadeando-se entre si em um fluxo regular que culmina em um produto final. Qualquer anormalidade no processo de fabricação, portanto, ocasiona desvios de qualidade, atrasos e prejuízos. O ERP, neste aspecto, padroniza os procedimentos a partir de projetos e da completa engenharia de produção – contemplando desde a relação de materiais requeridos até o tempo dispendido em cada etapa para fabricar determinado produto do começo ao fim. O software também facilita o acesso às informações, assegurando assertividade no processo.

 

  1. Emite laudos técnicos de produtos semiacabados e acabados: uma das funcionalidades do ERP, no que se refere ao monitoramento da produção, é a emissão e a impressão de laudos técnicos de análise, os quais objetivam registrar diagnósticos feitos durante a etapa de controle de qualidade. No documento, é possível visualizar um comparativo entre especificações esperadas e resultados obtidos em produtos semiacabados e acabados. Caso sejam identificados, por exemplo, problemas de não-conformidade é possível ajudar, com a agilidade que o mercado demanda, o desvio causador do problema.

 

  1. Fornece indicadores confiáveis da produção e de seus desdobramentos: a visão ampla dos processos é essencial à boa gestão. Certifique-se, portanto, de contar com dados que reflitam com precisão o panorama de rotinas operacionais e administrativas, facilitando a identificação de possíveis gargalos produtivos e contornando-os tão logo sejam encontrados. Para isso, a integração de processos e a centralização de informações são aspectos essenciais – e são o ponto forte de um sistema ERP robusto e eficaz.

 

Eliminar desvios de produção gera, sem dúvidas, um grande impacto nos resultados empresariais.  BAIXE O INFOGRÁFICO e conheça os 4 erros de produtividade que estão afetando a sua empresa.

 

O Areco ERP é uma solução de gestão que automatiza processos, elimina retrabalho e minimiza as chances de erro nas atividades cotidianas. Ao integrar departamentos e fornecer indicativos de desempenho geral e individualizado, o sistema garante efetividade e segurança na tomada estratégica de decisões. O Areco ERP é multi-moedas, multi-empresas e multi-idiomas, reunindo uma gama ampla de relatórios, telas gerenciais, suporte à auditoria em todas as telas e direitos de acesso para cada perfil de usuário.  As ferramentas de Dashboards e BI (Business Inteligence) facilitam a visualização de indicadores importantes ao gerenciamento, sendo configuráveis de acordo com as necessidades da empresa.

 

FALAR COM UM CONSULTOR AGORA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *